quinta-feira, julho 13, 2006


O tempo foge-me das mãos e eu não me apercebo que cada vez passa mais depressa. Talvez seja porque me sinto feliz e isso é bom, mas por vezes o vazio e o silêncio penetra os meus dias e eles tornam-se longos e pesados. Por vezes olho-me no espelho e já não me conheço, tudo porque o tempo não deixa que eu me adapte ao que sou agora e muda-me no amanhã e tudo começa de novo.
A vida surpreende-me a cada dia que passa e há sempre coisas novas muito interessantes para descobrir, porém a preguiça tem dominado os meus dias e não me tem apetecido escrever nada. Por isso não se admirem se o blog parecer meio abandonado, mas isto é só uma fase que espero que passe depressa. Afinal tenho 14 anos por isso está tudo dito. Sinto-me dividida em duas, uma é ainda uma menina alegre e divertida que não quer saber de responsabilidades e vive os dias intensamente sem ter que pensar em mais nada, a outra é já uma rapariga crescida com responsabilidades e deveres a cumprir. Mas ambas são a mesma e por vezes é dificil coordenar as duas. Porém isto não passa de uma passagem para outra etapa e temos que passar pelos diferentes obstáculos que nos deparamos, assim como um jogo de computador.

2 Comments:

Blogger serenidade said...

Permite que a menina e a mulher caminhem lado a lado ao longo de toda a tua vida... verás como serás feliz. Não deixar de ser uma para ser a outra... deixa que ambas vivam dentro de ti... sê menina e sê mulher ao longo dos tempos. Deixa que a tua criança interior se manifeste, ela está e estará sempre lá, por isso não escondas, faz o que ela quer (ponderando, claro) não a inibas...
Beijos serenos.
:):):)

6:10 da tarde  
Blogger Ghandy said...

Na vida estamos em constante mudança e há tempo para tudo...Vive o momento intensamente e não queiras crescer mais rapidamente do que o que deverias..
Gostei de passar por aqui...:)

10:02 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home