sexta-feira, junho 29, 2007

Quanto vale a vida?

"Depois de uma aula sobre o sentido da vida humana, a aluna aproxima-se do professor e pergunta-lhe:
- Professor, quanto vale a vida humana?
O professor ficou pensativo. Naquele momento passaram-lhe pela mente as questões clássicas (Donde venho? O que faço? Para onde vou? A vida humana acaba nesta terra? Existe o transcendente? Quem dá sentido à vida?). Após alguns momentos, retirou o anel que tinha no dedo, com uma pérola, entregou-o à aluna e disse-lhe:
- Vai perguntar às pessoas quanto vale o anel. Mas não o vendas. Depois de saberes as respostas, vem ter comigo.
A aluna encontrou uma senhora a vender cerejas e perguntou-lhe:
- Quanto me dá por este anel?
- Dou-te 10 quilos de cerejas, respondeu a senhora.
A seguir encontrou uma senhora que vendia uvas e perguntou-lhe:
- Quanto me dá por este anel?
- Dou-te 100 quilos de uvas.
Mais adiante encontrou uma ouriversaria. Entrou e perguntou:
- Quanto me dá por este anel?
- Fico com ele por 10.000 euros.
Entrou noutra ouriversaria. O ourives, ao examinar o anel, olhando por cima dos óculos, com uma expressão enigmática, disse à aluna:
- Este anel vale mesmo muito. Pode ter um valor incalculável.
Depois a aluna foi ter com o professor e entregou-lhe o anel. Este interpelou a aluna:
- Entendes agora quanto vale a vida humana?
- Não. Respondeu a aluna."

5 Comments:

Blogger serenidade said...

Olá minha querida Saturno,

pois bem, a vida não tem valor, porque a vida é, simplesmente, a vida, que deve ser vivida com significado, sem medo. No entanto, o que se verifica é que toda a gente quer morrer e faz contratos com a morte e não com a Vida... Teimam em morrer, aos poucos, com o exacerbado materialismo e realização dos desejos mais incríveis, perfeitamente dispensáveis à Vida, à vida que tanto se queixam... A Aluna não tem a consciência expandida o suficiente para perceber que a Vida não tem valor material porque já é o material em si. Não precisa de ser trocado por nada, e nada tem o "valor" suficiente para este tipo de troca, até porque não pode ser trocado!
E ficava para aqui a divagar, não tivesse que ir jantar.
Espero ver este cantinho, de uma flor tão bonita, iluminado com sua beleza, com mais frequência.

Bom fim de semana.

Serenos sorrisos

8:02 da tarde  
Blogger Nokinhas said...

Olá Saturno!

Belo texto... A Vida...Na minha opinião a vida tem um valor incalculável e deve ser vivida, aproveitada ao máximo sem receios... ou medos.... As vezes é nos dificil de a aproveitar ao maximo e muitos de nós em vez de "vivermos" apenas "existimos"... ou seja, deixamos a vida passar sem aprovietá-la... sem lhe provar o gosto...

Desejo-te uma optima semna e umas execlentes ferias!

Beijinho grande!

8:53 da tarde  
Blogger poesiadaspiramides said...

Cada um de nós da a importância que a vida tem para si, errado penso eu, no entanto cada um de nos tem o seu sentimento as suas vontades, necessidades, assim a vida toma um aspecto diferente para cada um de nos
beijinhos

9:14 da tarde  
Blogger Ghandy said...

A vida n�o tem valor (pelo menos para mim). No entanto h� pessoas que n�o lhe d�o o devido valor e perdem-se em vicios degradantes para eles...
H� que viver a vida
Boas F�rias
Fica bem

9:56 da tarde  
Blogger Filipe said...

Olá amiga..
A vida tem o valor que lhe decidimos atribuir. É claro que nem sempre é o mais justo, mas diferimos na forma como vivemos e, portanto, no valor que lhe atribuímos...
Boas férias...
Bjs

1:25 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home