segunda-feira, julho 16, 2007

Como uma onda!


Nada do que foi será
De novo do jeito
Que já foi um dia
Tudo passa, tudo sempre passará

A vida vem em ondas
Como mar
Num ir e vir infinito

Tudo o que se vê
Não é igual ao que a gente
Viu há um segundo
Tudo muda, o tempo todo
No mundo

Não adianta fugir
Nem mentir a si mesmo
Agora há tanta vida lá fora
Aqui dentro sempre
Como uma onda no mar

Nada do que foi será
De novo do jeito
Que já foi um dia
Tudo passa, tudo sempre passará

A vida vem em ondas
Como mar
Num ir e vir infinito

Tudo o que se vê
Não é igual ao que a gente
Viu há um segundo
Tudo muda, o tempo todo
No mundo


Polo Norte

3 Comments:

Blogger serenidade said...

Querida Saturno,

é mesmo como diz o poema, nada é igual,tudomuda a cada instante, como as ondas, nada é igual, tudo muda a cada instante!

Ainda bem, se não... que monotonia!
Tens uns desafios para ti lá--->

Serenos sorrisos

11:32 da tarde  
Blogger Nokinhas said...

Olá!

"Nado do que foi será... " Esta é uma das minhas músicas favoritas dos Pólo Norte! Pois é, na nossa vida tudo muda... a cada estante... o que torna a vida tão interessante...

Um grande beijinho e boas férias!

12:35 da tarde  
Blogger multiolhares said...

Este comentário foi removido pelo autor.

8:50 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home