sábado, setembro 23, 2006

Foi-me lançada a proposta de fazer a minha caracterização psicológica, mas não gostei muito da ideia porque acho difícil ter que falar de mim quando isso inclui qualidades e defeitos, mas principalmente porque não me sinto à vontade.
Agora começo a pensar de maneira diferente e talvez até seja divertido caracterizar-me, pois se eu não sou capaz, quem será?
Lanço desde já o desafio a todas as pessoas que lerem o meu post...

Eu sou a Sara e embora tenha apenas 14 anos penso que já sou bastante madura em relação a algumas raparigas da minha idade. Sou ajuizada e responsável, pelo menos é o que toda a gente diz :). Relaciono-me bem com as pessoas, talvez porque respeito a sua maneira de ser, logo que isso não interfira negativamente comigo. Ao contrário da maioria dos jovens adoro ler e também gosto bastante de escrever embora pense que não tenho muito jeito.
Tenho os meus ideais e nunca me deixo influênciar muito pelos outros, mas infelizmente agora isso acontece muito, raramente se gosta de alguma coisa que tenhámos sido nos próprios a descubrir a e saber apreciar. Não gosto de confusões, alías sou uma pessoa pacífica e bastante sonhadora, mas muito realista ao mesmo tempo.
Como não podia deixar de dizer, adoro música, penso que é o "pão nosso de cada dia" e não me estou a imaginar sem ela, mas também quem é que não gosta?!
Obviamente que não sou perfeita, alías tenho muitos defeitos como toda a gente, e um deles é que sou bastante implicante, adoro "pegar-me" com os outros principalmente quando descubro o seu ponto fraco, mas é claro que isto é só de vez em quando. Por vezes também sou bastante péssimista e por mais que tente mudar isso não é nada fácil, porque a boca consigo calar, porém a mente não consigo parar. Não sei se isto será efeito da idade mas também sou um pouco autoritária, como eu costumo dizer...é tão bom dar ordens:).
Uma das minhas paixões é viajar, é maravilhoso conhecer lugares novos totalmente diferentes ao que estamos acostumados a ver e para espanto de alguns adoro emoções fortes por isso gosto muito de andar em montanhas russas e de desportos radicais.
Como sou curiosa é muito bom conhecer pessoas novas, principalmente se tiverem experiências de vida diferentes, contudo não sou muito faladora, mas para compensar sou bastante observadora, porém nem toda a gente repara nisso. Para mim a vida é fascinante e cada dia aprendemos uma lição.
Bem acho que já estou a exagerar e a cansar-vos, por isso fico-me por aqui se não vou ter que acrescentar que sou muito aborrecida:):).

5 Comments:

Blogger Ghandy said...

Jasus!!! Ao ler o que escreveste, reparei que temos um perfil muito parecido - se algum dia quiser fazer o mesmo que fizeste venho aqui e quase que faço uma cópia.
Quando a psicologa chegar á escola, concerteza te fará uma caracterização psicológica que poderá ou não se adequar á tua realidade e ao que pensas de ti mesmo...
Fica bem e continua assim...penso que estás no bom caminho...

3:16 da tarde  
Blogger Filipe said...

Então já somos 3!!
Tb me acho mt parecido ctg!!
Fico faliz por saber k nao sou o único, lol!!
Fica bem, e tem um bom fin de semana (ou o k resta dele)...

11:16 da tarde  
Blogger Luna said...

Penso que é muito bom pararmos um pouco para ver como realmente somos, pois só assim podemos alterar algo se acharmos menos bom.
Acho que o que escreveste e tipico da idade que tens, mas ao mesmo tempo com alguma serenidade, pois estas em uma idade um pouco complicada em que já não es menima mas tambem não és mulher, e é uma fase muito dificil para os jovens,como dizes acho que já tens uma certa maturidade isso é muito bom
beijokas

7:53 da tarde  
Blogger maktub said...

linda ... subscrevo por baixo ... tu es mesmo tudo o que disses-te ... esse é o teu encanto com qualidades e defeitos ...
melguinha :-) ..jokas

8:36 da tarde  
Blogger serenidade said...

Não é o que toda a gente diz, bem sabes que és ajuizada e responsável e muito modesta pois escreves muito bem.
Continua a bonita menina que és, mas no meu ver já uma jovem mulherzinha. Muito ajuizada, mas com uma certa traquinice quanto mais não seja a "melgar" e a ser "melgada". Mas já tentei meter uma cunha para não seres mais "melgada", no entanto parece que não adiantou muito...
Vive cada momento da tua vida como fosse o último, bebendo todas as vivências para as poderes interiorizar e aprende, aprender e aprender sempre mais e mais.

Independentemente das vivências futuras, das pessoas que chegam e das que partem da tua vida... continua a ser a menina maravilhosa que és, mesmo quando (pela idade) já fores uma mulher madura e experiente.

Como ja te disse, subscrevo o que acabas de referir em relação à tua pessoa, não quero ser copiona, mas...

Um doce e terno beijinho sereno.

7:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home