terça-feira, abril 07, 2009

Ainda te lembras?!...


Recordo os dias que passava contigo, as aulas descontraídas da manhã e os longos períodos de intervalo. Tudo era tão simples, tão puro, tão genuíno (um bocadinho diferente do queijo dos Açores) e nós entregávamo-nos de corpo e alma à vida que corria. Não éramos rebeldes ou irrequietas, éramos simplesmente umas miúdas muito unidas mas também muito diferentes. Como tu costumas dizer, eu sou preta e tu és branca. Mas o que é que isso importava?! Havia diferenças de personalidade tão mais relevantes e mesmo assim nós éramos inseparáveis. Eu era mais tímida, mais medrosa e acho que o teu estilo de “Maria rapaz” não combinava muito com a tua capa da Barbie. Desde pequena que sou muito observadora e tu não me escapaste. Sinto falta das brincadeiras, das preocupações enormes (que eram ver o episódio do Pokemon para no dia seguinte comentar com os colegas), mas acima de tudo sinto muita, muita falta de mim, de nós. Às vezes fecho os olhos e ainda nos vejo a jogar à bola e a acertar na cabeça da D. Fátima que ia toda pomposa, como que a desfilar até à sala dos professores. Ainda te lembras?! Se calhar não. Hoje parece um bocado estranho, mas a verdade é que nos divertíamos imenso com um reles jogo de futebol em que mal tocávamos na bola. Mas que tem?! Agora os putos deliram com um jogo de CS ou CTR (desculpa mas tinha mesmo que referir o CTR…já me proporcionou alguns momentos de riso).
Quando olho para trás acho mesmo que a minha vida de agora é uma autêntica fantochada. É certo que os joelhos esmurrados, a roupa suja de terra e tintas, a pastilha elástica colada ao cabelo e os gritinhos por causa do dente que está a abanar já não existem mais. Mas isso era mau?! Claro que não era, contudo, para uma miúda estas são as grandes preocupações dos seus dias. O que é que interessava se o IVA tinha aumentado ou se tinham fechado a fábrica de confecções da senhora Clotilde?! Logo que chegasse a casa e a minha mãe tivesse bifes e batatas fritas para o jantar, o dia estava perfeito. Tinham que ser era realmente fritas e não cozidas ou assadas.
Voltei ao jardim, voltei à primária. Procurei por toda a parte, vasculhei tudo mas não me encontrei, não te encontrei… então parei e comecei a chorar.

5 Comments:

Blogger Luís Filipe said...

Como todos notamos o tempo muda muita coisa e é verdade que antes tudo era o que referiste (especialmente a parte do simples). A vida era rir e comer bifes com batatas fritas e agora é chorar e passar fome.
Contudo, as coisas vão melhorar :) eu acredito que vão.`

P.S Não quero que chores. Se for preciso vem descer a minha rua ;)

Bjinhos

8:43 da tarde  
Blogger Estrela Cadente said...

e PRONTO O REIS TINHA QUE ESTRAGAR TUDO!! Um texto em que nitidamente nao deveria ser o primeiro a comentar e ele comenta...enfim és mesmo dah!!

Claro que me lembro de tudo!! Lembro-me mais do que está aqui referido... :P
São memórias que ficarão para semre retidas no meu coração!! Desde o teu penteado cromo ao actual!! Tudo está retido!! (Excepto alguns momentos visto que como sou genuina (queijo dos açores) há consequências..:P )
O texto está fofinho! E tu gostaste mesmo da minha capa da Barbie..:P
O que gosto mesmo neste texto é que (quase) sempre que estás comigo estás feliz!! E que juntas tivemos bons momentos, graças à minha imaginação (CTR) :P
Mas também devido à nossa capacidade de criação e de invençao de ideias inimaginaveis!!!
Adorei todos os momentos (menos o 3ºano) que passei contigo! Bons ou maus foram sempre os melhores! Porquê? porque tu estavas lá! Só a tua presença transmite-me alegria...

Podes parar de chorar! Porque eu cheguei e nao vou para longe durante muito tempo!! :P

PS Para de chorar ou levas e choras com razao!!!

BJS FOFOS
Clarisse

11:57 da tarde  
Blogger Luís Filipe said...

Ui!
Peço desculpa a voça excelência, menina Clarisse. Até parece que o facto de eu ter comentado primeiro retirou a essência do texto.
O valor do teu comentário manteve-se. Não te preocupes :)

P.S Gostei muito do texto (eu ja te tinha dito isto mas assim fica registado)

Bjo!

12:14 da manhã  
Blogger Clarisse said...

Sim, ainda me lembro...

Mais uma vez comento este texto, primeiro para responder ao título, segundo para te incentivar a voltar a escrever... cmoeça por colocar aquele texto que escreveste... :)

bjs Clarisse

1:31 da manhã  
Blogger Clarisse said...

Agora que li outra vez o texto (:P) apercebo-me que está mesmo excelente...e como tu hoje fazes anos! Vais ter ainda outra surpresa (riso maléfico)... :)
bjs Clarisse

1:36 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home